quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Santa Bernadette conta as aparições de Lourdes (2)


5ª aparição — sábado, 20 de fevereiro

A mãe de Santa Bernardette confidenciou que Nossa Senhora “teve a bondade de ensinar-lhe, palavra por palavra, uma oração somente para ela”.

6ª aparição — domingo, 21 de fevereiro

“Esta rainha misericordiosa me disse também para rezar pela conversão dos pecadores. Ela me repetiu várias vezes essas mesmas palavras”.

“Disse-me também que não me prometia tornar-me feliz neste mundo, mas no outro”.





7ª aparição — terça-feira, 23 de fevereiro

“Ela me deu três segredos que me proibiu de contar”

“Eles só se referem a mim, não são nem sobre a Igreja, nem sobre a França, nem sobre o Papa”.

8ª aparição — quarta-feira, 24 de fevereiro

Santa Bernadete com a voz marcada pelos soluços, referiu à multidão o pedido de Nossa Senhora:

“Penitência, penitência, penitência!”; e “rezai a Deus pela conversão dos pecadores”; além da recomendação de “beijar a terra em penitência pelos pecadores”.

9ª aparição — quinta-feira, 25 de fevereiro

“A Senhora me disse que eu deveria beber da fonte e lavar-me nela.

“Mas, como não a via, fui beber no Gave. Ela me disse que não era ali, e me fez um sinal com o dedo para ir à gruta, mostrando-me a fonte.

“Eu fui, mas só vi um pouco de água suja. Parecia lama, e em tão pequena quantidade, que com dificuldade pude colher um pouco no côncavo da mão.

“Eu me pus a arranhar a terra, até poder colhê-la, mas três vezes a joguei fora. Foi só na quarta vez que pude bebê-la, de tal maneira estava suja”.

13ª aparição — terça-feira, 2 de março

“Ela me disse que eu devia dizer aos padres para construir uma capela aqui”.

“A Dama disse: ‘Devem vir aqui em procissão’”

16ª aparição — quinta-feira, 25 de março

“Depois dos quinze dias, eu lhe perguntei de novo seu nome, três vezes seguidas.

“Ela sorria sempre.

“Por fim ousei uma quarta vez, e foi então que ela, com os dois braços ao longo do corpo [como na Medalha Milagrosa], levantou os olhos ao Céu e depois me disse, juntando as mãos na altura do peito, que ela era a Imaculada Conceição”.

18ª e última aparição — quinta-feira, 16 de julho

“Eu não via a cerca nem o Gave. Parecia-me estar na gruta, na mesma distância das outras vezes. Eu via somente a Virgem”.

Santa Bernadete Soubirous somente voltaria a ver Nossa Senhora 21 anos depois, em Nevers, no dia 16 de abril de 1879, quando deixou esta terra de exílio para contemplá-la eternamente no Céu!

Video: Santa Bernadette conta as aparições de Lourdes




Acompanhe online o que está acontecendo agora na própria gruta de Lourdes pela Webcam do santuário. 


Um comentário:

  1. Bernadete Muniz do Nascimento12 de fevereiro de 2011 12:32

    Gostei bastante dessa montagem nas fotos de hoje, onde Santa Bernadette apareçe sempre com Nossa Senhora de Lourdes, ela sempre ficava escondida, era como se ela não fizesse parte da história da gruta em Lourdes. Acho justo que a imagem dela seja sempre mostrada, quando relatarem a história, a final, as duas foram as responsáveis pela edificação da gruta.
    Bernadette, ainda não era Santa, quando Nossa Senhora de Lourdes a escolheu para cumprir a missão, só que ela pela sua correspondência a graça, chegou a santidade, ela não tornou-se santa só pelas aparições, mas sim por subido a escada da santidade através de enormes provas e cruzes. A humildade, o amor, a assiduidade as orações, a obediência a Deus, foi o que realmente levou a santidade. Sempre achei que faltava algo mais na gruta e hoje sei que era essa desigualdade de veneração, por que as duas são Santas, eu, sempre que me refiro a gruta, sempre falo em nome das duas, e acho que é de direito, a união das duas é que faz a força, então nada mais justo que quando falarmos na gruta que seja: GRUTA DE NOSSA SENHORA DE LOURDES E SANTA BERNADETTE, E A IMAGEM DELA SEJA SEMPRE COLOCADA DE UM TAMANHO QUE TODOS POSSAM VÊ-LA E PEDIR-LHES GRAÇAS A ELA TAMBÉM, POIS EU MESMA JÁ ALCANCEI GRAÇAS COM SANTA BERNADETTE, DA QUAL SOU DEVOTA E ADIMIRO BASTANTE A SUA HISTÓRIA E SUA GARRA, SUA DETERMINAÇÃO, SIMPLICIDADE E HUMILDADE. SOU DEVOTA DELA DESDE PEQUENINA.
    NOSA SENHORA DE LOURDES E SANTA BERNADETTE; ROGAI POR NÓS.

    ResponderExcluir

Obrigado pelo comentário! Escreva sempre. Este blog se reserva o direito de moderação dos comentários de acordo com sua idoneidade e teor. Este blog não faz seus os comentários e opiniões dos comentaristas. Não serão publicados comentários que contenham linguagem vulgar ou desrespeitosa.