quinta-feira, 28 de maio de 2015

O milagre assombroso de Pieter De Rudder
e a dureza face aos milagres de Lourdes

 Pieter De Rudder
 Pieter De Rudder



Sobre aparição de Lourdes, há um ponto a respeito do qual toda essa insistência é pouca e é a seguinte:

Nas aparições de Lourdes, Nossa Senhora indicou a Santa Bernadette Soubirous, um lugar no chão que se apresentava normal.

E disse a Santa Bernadette que escavasse aquele lugar porque encontraria uma fonte. É das águas dessa fonte resultaram muitos milagres.


Esse fato foi visto por um grande número de pessoas que assistiam a visão, em torno da gruta de Lourdes.

As pessoas viram que em determinado momento, Santa Bernadette começou a arranhar o chão com as próprias mãos e que saía um olhinho de água, aliás lamacento.

O fato, geologicamente é insignificante. Mas é interessante porque ela teve uma revelação. Ela não podia adivinhar que dessa água sairia a famosa fonte de Lourdes, na qual durante mais de cem anos, as pessoas se tem banhado e tem recebido milagres.



Esses milagres são verificados por uma junta médica, da qual participam médicos de qualquer religião. São exigidas as radiografias, exames médicos etc., que atestam que o doente sofre dessa ou daquela doença.

Quando os médicos não acham que o exame não esteja bem concludente eles mandam fazer todos os que julguem necessários.

O doente vai se banhar na piscina. E com certa frequência sai imediatamente curado, o que constitui um indiscutível milagre, quando se trata de doenças que segundo a ciência não há meio de remediar.

Pieter De Rudder, após o milagre
Pieter De Rudder, após o milagre
O mais espantoso desses milagres foi diante de uma gruta de Lourdes em Oostakker, perto da cidade de Gante, na Bélgica.

Era um camponês de nome Pieter (ou Pierre) De Rudder. No dia 16 de fevereiro de 1867, enquanto trabalhava em Jabbeke (Flandres-Ocidental) a serviço do visconde Albéric du Bus de Gisignies, caiu uma árvore e lhe esmigalhou os dois ossos da perna esquerda: a tíbia e o perônio.

Os médicos recomendaram amputar a perna e ele se recusou. Ficou inválido para sempre: os fragmentos dos ossos não colaram e a perna ficou perfeitamente bamba em todos os sentidos, com falta de pedacinhos em alguns pontos. Não podia mais caminhar nem se apoiar nela.

Sete anos depois ele foi pedir a cura a Nossa Senhora de Lourdes no santuário de Oostakkedo e ele se declarou curado.

As radiografias mostraram o osso recomposto instantânea e inteiramente, em oposição às leis da medicina.

A reconstituição de alguns centímetros de osso anos depois da fratura, é uma coisa inteiramente impossível de acordo com a medicina. É um milagre claríssimo.

Mas ele caminhava a vontade cheio de felicidade. Não lhe faltava nada. Era como se jamais tivesse tido nada.

Os médicos discutiram demorada e ferozmente o caso, de tal maneira contradizia tudo o que se conhecia e ofendia o ateísmo espalhado.

Pieter faleceu o dia 2 de março de 1898. E no dia 24 de maio de 1899, seu corpo foi exumado visando analisar seus membros inferiores.

Ossos de Pieter De Rudder após a autopsia
Ossos de Pieter De Rudder após a autopsia
Os ossos miraculados foram extraídos, e uma comissão composta por mais de 100 médicos declarou que “De Rudder foi exatamente curado de modo instantâneo de uma ferida purulenta, e a consolidação do osso posta à luz na autopsia não pode ter acontecido de modo natural”.

No dia 25 de julho de 1908 sua cura foi declarada canonicamente milagre. E no Bureau Medical de Lourdes hoje se exibe um modelo feito em bronze desses ossos.

Mas por ali se pode apalpar a maldade do mundo contemporâneo.

Desse milagre clamoroso quase não se fala.

Há uma dureza de coração enorme da parte dos que não querem crer apesar desses milagres. Eles são coerentes na recusa.

Mas há também a maldade dos que creem, mas não fazem a propaganda desses milagres, ou até abafam os milagres.

Nossa Senhora faz maravilhas contínuas e os homens não sabem agradecer.

É uma das razões por onde os castigos que Nossa Senhora anunciou em Fátima são de todo explicáveis, e são o desfecho natural da história contemporânea.

É a ingratidão obstinada em relação aos milagres de Lourdes.


Acompanhe online o que está acontecendo agora na própria gruta de Lourdes pela Webcam do santuário.

4 comentários:

  1. OBRIGADO.DEUS ABENÇOE.

    ResponderExcluir
  2. EU CREIO DE TODO O MEU CORAÇÃO EM NOSSA SENHORA, ELA QUE SEMPRE INTERCEDE POR NÓS JUNTO A JESUS CRISTO NOSSO SENHOR.
    NOSSA SENHORA ROGAI POR NÓS.

    ResponderExcluir
  3. Obrigada nossa senhora de Lourdes por à senhora nos amar tanto amém mãezinha do céu

    ResponderExcluir
  4. Obrigada mãe por tudo amém

    ResponderExcluir

Obrigado pelo comentário! Escreva sempre. Este blog se reserva o direito de moderação dos comentários de acordo com sua idoneidade e teor. Este blog não faz seus os comentários e opiniões dos comentaristas. Não serão publicados comentários que contenham linguagem vulgar ou desrespeitosa.