quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Lourdes: elo das ininterruptas intervenções de Nossa Senhora

Nossa Senhora de Lourdes, na Gruta das aparições
Nossa Senhora de Lourdes, na Gruta das aparições
Luis Dufaur


As intervenções maternais de Nossa Senhora, cautas, desapercebidas aos sentidos humanos, formam uma só intervenção ininterrupta ao longo de toda a história da Igreja.

Porque se não fosse Ela nos ajudar continuamente, continuamente, sem interrupção, um minuto que Ela deixasse de agir nós virávamos poeira. Essa é a verdade.

A Providência costuma agir por meio de causas segundas.

Ela não age ostensivamente por meio de milagres, etc., a não ser em circunstâncias muito particulares.

Porém, em Lourdes nós encontramos milagres constantes.

Esta manifestação de milagres contínua, quase que diariamente, quotidianamente é um fato único na história da Igreja.

Às vezes, vários milagres por dia, atestados por certificados médicos, etc., etc., que ninguém ousa contestar.

Uma das grandes alegrias que eu tenho é a seguinte:

Lourdes é dos fatos mais resplandecentes da história da Igreja.

Aliás é uma concatenação esplendorosa e contínua de fatos magníficos da história da Igreja.

E Lourdes é tratada pelos adversários da Igreja exatamente como eles tratam a Igreja.

Quer dizer, ninguém ousa dizer que as curas de Lourdes não são verdadeiras.


Não há uma pessoa que diga: “Está provado que aquelas curas não são verdadeiras”.

Porque está provado o contrário e ninguém tem a coragem de ir lá e dizer: “eu vou provar que tal ou tal fato oficialmente atestado como milagroso, não é milagroso”.

As pessoas silenciam não dizem nada, não contestam, não confirmam, fogem do tema como diabo foge da cruz.

Exceto o caso de Lourdes, os milagres para que a história tome esse ou aquele rumo como.

Doentes e fiéis diante da Gruta de Lourdes
Doentes e fiéis diante da Gruta de Lourdes
Por exemplo, são muito excepcionais na história fatos como o de Constantino com a cruz que apareceu para ele escrito in hoc signo vinces, tu vencerás se ostentares este sinal. Quer dizer que se ele convertesse, então ganharia a batalha, e ele se converteu, etc.

Há uma presunção perigosa de a gente estar achando a toda hora que Nossa Senhora vai abrir as cortinas do céu e se mostrar para fazer o milagre.

Quando São Tomé duvidou, Nosso Senhor mandou ele colocar a mão no seu flanco e ele tocou e viu que era a carne de Cristo de Nosso Senhor, que era o flanco ferido de Cristo e então creu.

E Nosso Senhor disse: “Tomé, tu creste porque viste, bem-aventurados os que não viram mas creram.”




Quer dizer, é bom ter visto, mas o ideal é não ter visto mas ter crido. Isto é a maravilha da coisa.

E esta maravilha tem que ser a regra geral, a gente não deve viver de milagres.

(Autor: Plinio Corrêa de Oliveira, excertos de conferência de 4/10/91. Não revisto pelo autor)


Acompanhe online o que está acontecendo agora na própria gruta de Lourdes pela Webcam do santuário. 

Um comentário:

  1. NOSSA SENHORA DE LOURDES ROGAI POR NÓS, PRINCIPALMENTE PELO MEU IRMÃO QUE JA FEZ TANTAS CIRURGIAS NO JOELHO E ESTA TÃO RUIM.
    AMEM

    ResponderExcluir

Obrigado pelo comentário! Escreva sempre. Este blog se reserva o direito de moderação dos comentários de acordo com sua idoneidade e teor. Este blog não faz seus os comentários e opiniões dos comentaristas. Não serão publicados comentários que contenham linguagem vulgar ou desrespeitosa.