quarta-feira, 30 de maio de 2018

Origem, história e significado
da festa de Corpus Christi

No século XIII nasceu um Movimento Eucarístico que deu origem à Exposição e Bênção do Santíssimo Sacramento





Na Idade Média, os homens tinham uma devoção enlevada pela pessoa de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Para libertar seu túmulo dos pagãos muçulmanos fizeram cruzadas.

A história da festa de Corpus Christi tem origem nessa devoção.

Pelo fim do século XIII, na Abadia de Cornillon, em Lieja, Bélgica, nasceu um Movimento Eucarístico que deu origem à Exposição e Bênção do Santíssimo Sacramento, o uso dos sinos na elevação na Missa e a própria festa do Corpus Christi.

A abadessa Santa Juliana de Mont Cornillon ardia em desejos de que o Santíssimo Sacramento tivesse uma festa especial.

Ela teve uma visão em que a Igreja aparecia como uma lua cheia com uma mancha negra, sinal da ausência da solenidade.

quarta-feira, 23 de maio de 2018

Lourdes na festa de Nossa Senhora Auxiliadora

Maria Auxiliadora na basílica de Maria Ausiliatrice, Turim
Maria Auxiliadora na basílica de
Maria Ausiliatrice, Turim
Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs






Nesta festa, do dia 24 de maio, peçamos a Nossa Senhora prepare nossas almas para receber o chamado para a outra vida no momento em que mais compraza a Ela

No momento em que Ela tenha ocasião de ser mais especialmente nosso auxílio na hora suprema.

Na hora em que nós avançarmos para sermos julgados, que Ela nos dê em um minuto tudo aquilo que nós possamos ter recusado durante nossa minha vida.

E de maneira a realizar o ideal de nós mesmos que deveríamos ter realizado na nossa vida toda.

Ser na hora em que eu comparecerei diante dEla tudo aquilo que Ela queria que eu fosse quando eu fui criado.

Nada na vida me faz falta a não ser notar que eu não sou aquilo que inteiramente eu deveria ser.

A toda a hora nós ouvimos falar que em torno de nós estão se avolumando eventos tremendos.

Porque a Bondade Suprema de Deus está sendo recusada e acalcada aos pés.

De todos os lados o Brasil dá impressão de um tecido velho, corrompido, que vai sendo puxado e vai-se rasgando.

Se o Brasil inteiro soubesse se voltar a Nossa Senhora com uma frequência muito maior.

quarta-feira, 16 de maio de 2018

Oração a Nossa Senhora de Lourdes

A todos os homens vão a Vós, Vós os curais
Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs






Ó Minha Senhora e minha Mãe, Vós manifestastes em Lourdes a grandeza de vosso poder e a imensidade de vossa bondade e por isso todos os homens vão a Vós e Vós os curais.

Fazei-me compreender, minha Mãe, que, no sentido espiritual, toda a Igreja Católica é uma Lourdes.

Que ali Vós vos manifestais aos homens, e os curais.

Quantas enfermidades levo na minha alma mesmo dentro da Santa Igreja para a qual me chamastes tão misericordiosamente!

E, entretanto, vós que sois a Imaculada Conceição, já vais me curando e a todos os que a Vós imploram com o coração contrito e humilhado.

Concedei-me a graça que vos peço (fazer o pedido).

Não permitais que nunca mais eu me separe de Vós, é o que Vos peço do fundo de minha alma.

quarta-feira, 9 de maio de 2018

Em Lourdes: duas atitudes da Providência diante do sofrimento humano

Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs






Nós vemos em Lourdes duas atitudes da Providência diante do sofrimento humano. E estas duas atitudes têm sua razão de ser, apesar de parecerem até contraditórias, dentro da perfeição dos planos divinos.

De um lado, o que mais chama atenção em Lourdes é Nossa Senhora que tem pena do sofrimento dos homens, atende aos rogos deles e pratica milagres para os livrar das dores que eles sofrem.

Vemos Nossa Senhora que tem pena das almas, e para provar que a Fé Católica é verdadeira, pratica milagres e opera conversões.

Mas, de outro lado, nós vemos em Lourdes outro aspecto. E são os inúmeros doentes que vão a Lourdes, e voltam sem ter sido curados.

Por quê razão Nossa Senhora opera a cura de uns e não opera a cura de outros? Qual é o mistério?

Porque é muito fácil a gente compreender que alguns sejam curados. Mas, qual é o mistério pelo qual outros não são curados?

Nisso também Nossa Senhora nos dá um grande ensinamento.

Porque Ela mostra, pela bondade dEla em Lourdes, que Ela é nossa Mãe, que Ela tem pena de nós, que Ela quer e pode praticar maravilhas por nós, e Ela as pratica.

E, entretanto, a maior parte dos doentes que vão lá voltam sem ter sido curados.

Qual é então a razão de ser disto? Qual é a razão mais profunda desse fato?

quarta-feira, 2 de maio de 2018

Em São Paulo,
um elo de ouro entre Lourdes e o Brasil

Imagem de Na. Sra. de Lourdes
venerada na Igreja do Sagrado Coração de Jesus,
em São Paulo, bairro Campos Elísios.
[Foto Paulo Roberto Campos] 
Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs





Nossa Senhora de Lourdes desejou ser conhecida enquanto sumamente benfazeja.

Assim, sugiro pensarmos numa grande graça para pedir a Ela.

Devemos ser ousados em nossas orações, pedir coisas arrojadas, não coisas insensatas, e pedir com muita insistência.

Por exemplo, pedir uma graça que diga respeito à santificação, e depois algo que se queira de temporal, mas que Ela nos conceda se for para o bem de nossas almas.

Isso nos leva a refletir no panorama de nossa vida espiritual, a ter uma visão de nós mesmos e de nossas atividades.

Na igreja do Sagrado Coração de Jesus [na capital paulista] há uma gruta com uma imagem de Nossa Senhora de Lourdes.

Não é uma imagem qualquer, é a própria imagem que era venerada na Basílica de Lourdes, na França, antes da imagem atual, segundo documento guardado na igreja.

Portanto, essa imagem constitui um elo entre Lourdes e o Brasil.