terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Mensagem do webmaster:
2014?

2013 sem dúvida passará para a História.

Só pensar que apenas iniciado o ano, nos céus de Roma, emoldurados pelos símbolos sagrados do Papado, um helicóptero fazia o voo de despedida de Bento XVI!

A renúncia, segundo o decano dos cardeais Ângelo Sodano, caiu “como um raio em céu sereno”. E na mesma noite, um raio atingiu a cúpula da Basílica de São Pedro.

Poucos dias antes, um temporal de violência inusitada danificou o Santuário de Fátima, no 75º aniversário da aurora boreal anunciada por Nossa Senhora: “quando virdes uma noite alumiada por uma luz desconhecida sabei que é o grande sinal, por meio da guerra, da fome e de perseguições à Igreja e ao Santo Padre”.

Logo depois um meteoro explodiu no céu da Rússia com a potência de 20 bombas atômicas. Outra bola de fogo cruzou o céu da costa oeste dos EUA, mais uma apavorou o centro da Espanha e, por fim, em nove estados da Argentina outro meteoro comparável ao russo fez a noite virar dia, a terra tremer, e o povo achar que era “um sinal divino”.

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Imagens de Nossa Senhora de Lourdes, da Luz e do Sagrado Coração de Jesus admiravelmente salvas nas Filipinas

Com menos de um mês de intervalo, duas enormes calamidades caíram sobre as Filipinas, país muito populoso de maioria católica.

O país é um grande arquipélago exposto a fenômenos sísmicos e furacões de rara intensidade.

No dia 16 de outubro um terremoto de magnitude 7.2 atingiu especialmente a ilha de Bohol danificando severamente grandes e sólidas igrejas coloniais, de até 400 anos de antiguidade.

A segunda grande calamidade foi provocada pelo tufão Haiyan (lá denominado Yolanda) em 8 de novembro que causou por volta de 2.500 mortes.




Nas duas imensas tragédias registrou-se o mesmo fenômeno: imagens de Nossa Senhora e do Sagrado Coração de Jesus ficaram admiravelmente indenes.

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Uma grande razão para rezarmos pelas almas dos falecidos: o Purgatório

Pensando no bem que podem ganhar nesta data religiosa as almas dos fiéis defuntos -- ente as quais pode haver parentes ou amigos nossos -- reproduzimos a continuação o post Museu das almas do Purgatório 1: uma janela para o além que merece ser mais estudada com estimulante matéria a respeito para rezarmos por essas almas.


Fachada da igreja do Sagrado Coração do Sufrágio

Indo à Basílica de São Pedro pelo Lungotevere – a avenida que bordeja o histórico rio Tibre – o romeiro é surpreso por uma bonita igreja que tem o imponderável de conter algo muito singular.

Não é só o fato de seu estilo neogótico evocar a França e destoar do distendido conjunto arquitetônico romano.

Luminosa, delicada, esguia, sorridente, mas infelizmente fechada boa parte do dia, a igreja do Sagrado Coração do Sufrágio fica a dois quarteirões de Castel Sant’Angelo e da Via dela Conciliazione, que leva direto ao Vaticano.

VER EM GOOGLE MAPS

Perguntei a amigos romanos o que havia nessa igrejinha.

Eles me explicaram – não sem antes me prevenirem de não me espantar – que lá havia um Museu das Almas do Purgatório.

Quer dizer, uma coleção de sinais do além deixados por essas almas, que na maioria das vezes apareceram ardendo internamente a parentes ou irmãos de religião.

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Santa Bernadette diante do juiz

Santa Bernadette em foto de 18 outubro de 1864
Santa Bernadette em foto de 18 outubro de 1864
Pelo fim da tarde do mesmo dia (25-02-1858) em que Nossa Senhora apontou a fonte milagrosa, um policial se apresentou na masmorra onde morava a família Soubirous.

— O Senhor Procurador Imperial pede para Bernadette Soubirous apresentar-se agora à tarde às 18 horas.

Santa Bernadette foi com sua mãe que, inteiramente em prantos, pediu para ser acompanhada pelo primo Sajous.

O Procurador Imperial Vital Dutour morava a 300 metros da masmorra e logo foi pondo para fora o homem que vinha com as duas mulheres.

— Você é seu pai?

— Não, seu tio e dono da casa onde ela fica.

— Entrai, Bernadette e sua mãe. Você aguarda aqui!

E fechou a porta.

O interrogatório foi conduzido como fazem os delegados.

Bernadette não ficou intimidada pela função do Procurador, nem pelo aparato da Justiça.

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Lourdes: prêmio e confirmação do dogma definido por Pio IX


Um comentário que não se acostuma ouvir sobre Lourdes.

Todo mundo diz que a proclamação do dogma da Imaculada Conceição teve um duplo aspecto no espírito de Pio IX.

Em primeiro lugar, a afirmação de um dogma de grande importância para o progresso da mariologia dentro da Igreja.

Em segundo lugar, a afirmação desse dogma, primeiro como dogma, depois como dogma tão profundamente anti-igualitário que esmagaria o ceticismo do século.

E os milagres de Lourdes são de natureza a esmagar o ceticismo.

Eles vieram confirmando o dogma uma vez que Nossa Senhora declarou que Ela era a Imaculada Conceição.

É uma espécie de prêmio e de confirmação da veracidade do dogma definido.

Pio IX aí fez exatamente o contrário do que satisfazer a Revolução, fez exatamente o contrário de dar a carne para a fera.

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Santa Bernadette conta as aparições de Lourdes (2)


5ª aparição — sábado, 20 de fevereiro

A mãe de Santa Bernardette confidenciou que Nossa Senhora “teve a bondade de ensinar-lhe, palavra por palavra, uma oração somente para ela”.

6ª aparição — domingo, 21 de fevereiro

“Esta rainha misericordiosa me disse também para rezar pela conversão dos pecadores. Ela me repetiu várias vezes essas mesmas palavras”.

“Disse-me também que não me prometia tornar-me feliz neste mundo, mas no outro”.

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Santa Bernadette conta as aparições de Lourdes (1)


1ª aparição — quinta-feira, 11 de fevereiro

“A primeira vez que fui à gruta, era quinta-feira, 11 de fevereiro. Fui para recolher galhos secos com outras duas jovens.

“Ouvi um barulho como se fosse uma ventania. Então girei a cabeça para o lado do gramado, do lado oposto da gruta. Vi que as árvores não se moviam.

“Ouvi mais uma vez o mesmo barulho. Assim que levantei a cabeça, olhando a gruta, vi uma Dama vestida de branco. Tinha um vestido branco, um véu branco, um cinto azul e uma rosa em cada pé, da cor da corda do seu terço.

“Eu pensava ser vítima de uma ilusão. Esfreguei os olhos, porém olhei de novo e continuei a ver a mesma Dama. Coloquei a mão no bolso, para pegar o meu terço.

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Ladainha a Nossa Senhora de Lourdes

Reproduções da Gruta de Lourdes existem pelo mundo todo.  Esta fica em Cotabato, nas Filipinas.
Reproduções da Gruta de Lourdes existem pelo mundo todo.
Esta fica em Cotabato, nas Filipinas.

Senhor, tende piedade de nós;

Cristo, tende piedade de nós;

Senhor, tende piedade de nós;

Cristo, ouvi-nos; Cristo, por vossa graça atendei-nos.

Deus Pai que estás no céu, tende piedade de nós.

Deus Filho, Redentor do mundo, tende piedade de nós.

Deus Espírito Santo, tende piedade de nós.

Santíssima Trindade, único Deus; tende piedade de nós.


quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Na festa da Assunção de Nossa Senhora

Assunção, detalhe iluminura s. XV.
Columbia University, UTS MS 049

“A Imaculada Mãe de Deus, a sempre Virgem Maria, terminado o curso de sua vida terrestre, foi assunta em corpo e alma à glória celestial”

Com essas imorredouras palavras, o Santo Padre Pio XII definiu o dogma da Assunção da Santíssima Virgem ao Céu em corpo e alma, solenemente proclamado no dia 1º de novembro de 1950, pela Constituição dogmática “Munificentissimus Deus”.

A solene proclamação desse augusto dogma veio coroar séculos de devoção a Nossa Senhora enquanto tendo sido levada aos Céus em corpo ressurreto e alma.

Na difusão desta verdade e desta devoção a Idade Média deu um contributo fundamental.

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Santa Bernadette: “eu não sou boa para nada!”

Santa Bernadette, Irmã Maria Bernarda, das freiras da Caridade
Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs






Santa Bernadette ingressou no convento Saint-Gildard, pertencente à Congregação das Irmãs da Caridade de Nevers, onde faleceu com a idade de 35 anos. Seu corpo incorrupto encontra-se ali exposto numa urna e capela especial.

Embora sua vida no convento tenha sido curta, ela deixou muitas lembranças.

Aquele convento era o noviciado das Irmãs da Caridade de Nevers. Após completarem sua formação, as religiosas novas eram encaminhadas a alguma das diversas casas da Ordem.

A distribuição pelos conventos da França era feita no próprio momento da profissão religiosa.

A superiora combinava previamente com o bispo o melhor destino para as freiras.

Na cerimônia, cada uma delas se apresentava ao arcebispo, e este lhe perguntava:

– “Vossa Caridade, para o que é que é boa?” – expressão francesa para dizer o que é que sabe fazer melhor.

A religiosa normalmente respondia: cuidar de doentes, educar crianças, cozinhar, costurar, etc., segundo sua experiência ou inclinação.

Após ouvir sua resposta, o arcebispo lhe indicava o convento para o qual estava destinada, entregava-lhe o Crucifixo da Ordem, o “Livro das Constituições” ou regra da Ordem, bem como a carta de obediência.

Porém, o caso de Santa Bernadette era complicado, pois ela era muito procurada por pessoas que queriam vê-la ou conhecê-la.

Nessas condições, sua vida religiosa ficaria muito atrapalhada por visitantes a toda hora.

A Superiora Geral, Madre Josefina Imbert, e o arcebispo de Nevers, Mons. Teodoro Agostinho Forcade, combinaram então um piedoso ardil para que ela ficasse sempre na clausura da Casa Mãe.

Sala do noviciado onde Santa Bernadette recebeu sua missão na Ordem
Sala do noviciado onde Santa Bernadette recebeu sua missão na Ordem
A profissão aconteceu em 30 de outubro de 1867. A turma de Santa era composta por 44 novas religiosas. Cada uma ia sendo chamada, tendo a cerimônia se repetido com cada uma. Santa Bernadette ficou para o fim.

Sentado num troneto, D. Forcade voltou-se para a Superiora Geral, Madre Josefina, e perguntou-lhe:

– “E a irmã Maria Bernarda?” (nome religioso de Santa Bernadette).

– “Monsenhor, ela não é boa para nada!”

Madre Josefina disse-o sorrindo e a meia voz, para que poucos ouvissem, segundo contou a irmã Caldairou.

Era a vez de Santa Bernadette, que se aproximou do prelado.

Ele falou em alta voz:

– “Irmã Maria Bernarda, a lugar nenhum!”

E depois, voltando-se para a santa, perguntou:

– “É verdade, irmã Maria Bernarda, que Vossa Caridade não serve para nada?”

– “Isso é bem verdade”, respondeu Santa Bernadette.

– “Mas então, minha boa filha, o que é que Nós poderemos fazer com V.?”

– “Eu vos disse bem isso em Lourdes, quando Vossa Excelência quis que eu entrasse na comunidade; e V. E. respondeu que isso não tinha importância”.

Nesse momento a Superiora Geral interveio, e disse:

Enfermagem do convento onde trabalhou e morreu Santa Bernadette
Enfermaria do convento onde trabalhou e morreu Santa Bernadette
– “Se Vós o desejais, Monsenhor, nós poderíamos conservá-la conosco por caridade na Casa Mãe, e empregá-la de alguma maneira na enfermaria, ainda que não seja só para fazer a limpeza e preparar as tisanas. Como ela está sempre doente esse será seu melhor lugar.”

Aquiescendo, o arcebispo voltou-se para Santa Bernadette.

– “Eu vou tentar”, respondeu ela.

O bispo tomou então um tom solene e determinou:

– “Eu vos dou a função da oração!”.

Após a cerimônia houve recreação, não tendo Santa Bernadette se mostrado nada ressentida ou ofendida.

A história posterior mostrou que fora a melhor decisão possível.

Santa Bernadette empregou sua vida religiosa no cuidado das freiras doentes e morreu na mesma enfermagem que a viu santificar-se ainda mais.


VEJA O QUE ACONTECE EM LOURDES NA PÁGINA ESPECIAL DE VÍDEOS -- CLIQUE AQUI



Acompanhe online o que está acontecendo agora na própria gruta de Lourdes pela Webcam do santuário.

segunda-feira, 22 de julho de 2013

O mais recente milagre (69º) reconhecido em Lourdes

Daniela Castelli em sua casa

A beneficiada pelo 69º milagre de Lourdes canonicamente reconhecido é a italiana Daniela Castelli.

Ela nasceu em 16 janeiro de 1946 na cidade de Bereguardo, Itália, é casada, mãe de família e mora em Pavia, Itália.

Até os 34 anos de idade levou uma vida normal, quando começou a padecer de crises de hipertensão (pressão alta) espontâneas graves.

Em 1982, exames radiológicos e ecografias revelaram a existência de um tumor para-uterino e um útero fibromatóide

Danila foi objeto então de uma histerectomia (ablação do útero) e de uma anexectomia (excisão de anexos uterinos).

Sua situação foi piorando e em novembro de 1982 ela foi objeto de uma ablação parcial do pâncreas.

sexta-feira, 21 de junho de 2013

A Gruta de Lourdes reabriu este sábado às 10:30 hs (horário de Brasília)

A esplanada e a Basílica do Rosário já estão acessíveis (foto de arquivo)

Uma intensa mobilização de voluntários e funcionários permitiu que o Santuário de Lourdes seja reaberto neste sábado 22 de junho às 15:30 horas (da França) quer dizer 10:30 hs de Brasília.

A reabertura será ainda parcial considerando os colossais danos provocados pela enchente.

Porém, os romeiros poderão desde essa hora voltar a visitar a Gruta.

As WEBCAM (CLÁSSICA e NOVA) já retomaram a transmissão online.


As celebrações já retomaram nas partes menos atingidas como a basílica superior.

A área do santuário se estende sobre 50 hectares, muitas delas ainda cobertas pela lama e detritos.

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Enchente não atinge imagem da Gruta, águas descem e começa a recuperação

Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs




O nível da água já está descendo e as obras de recuperação estão em andamento.

Quiçá, como da vez anterior, outubro de 2012, a reabertura da Gruta possa acontecer em datas próximas.

A cheia foi excepcional. Esta época é de degelo das neves nos Pirineus, fenômeno que aumenta bem o nível dos rios. O fato é anual e Lourdes está preparada.

Porém, chuvas fora de série aumentaram os volumes d’água e aceleraram inesperadamente o derretimento das neves com resultados catastróficos para a região toda.

Considerado em seus aspectos naturais, o evento em si mesmo é superficial.

Mas levanta uma questão transcendental: por que é que Nossa Senhora permitiu este desastre?

Sem dúvida para atrair a atenção dos homens para seu santuário e para a mensagem de graça que desde ali Ela sempre irradia acompanhada de graças e milagres que servem de confirmação.

Também para manifestar seu poder sobre a fúria desatada dos elementos.

Estaremos nas vésperas de se desatarem fenômenos políticos, sociais, econômicos, religiosos ou outros prefigurados pela enxurrada mortal destes dias?

Quem olha para a confusão em que o Brasil está entrando entende o que isto pode querer dizer.

Mas, é só o Brasil? Não será o mundo todo? A própria Igreja, já tão abalada por escândalos e fatos incompreensíveis?

Seja o que for, atinjam as enxurradas do caos o nível que atingirem, Nossa Senhora jamais será afetada.

Ela ficará pairando sobre as águas revoltas e sujas como a Imaculada Conceição que Ela é.

Se advierem esses desastres, lembremo-nos da lição desta enxurrada, e voltemo-nos com fervor para Nossa Senhora.

Porque, no fim, Ela triunfará, ainda que mil caiam à nossa direita e dez mil à nossa esquerda.













quarta-feira, 19 de junho de 2013

Uma oração pelo Santuário. Estado atual da enchente


Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs





A enchente no fim da tarde de terça-feira 18




terça-feira, 18 de junho de 2013

Cheia excepcional volta a inundar a Gruta de Lourdes. Nossa Senhora não estará implorando algo de nós? do Brasil?

Lourdes 2013: rio ameaça levar a ponte
Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs




Chuvas excepcionais que se somaram ao degelo anual dos Pirineus produziram cheias históricas nos rios da região de Lourdes.

O rio Gave que passa exatamente diante da Gruta desbordou inteiramente e com violência inusual, obrigando as autoridades a evacuarem a área de Gruta e certas partes da cidade.

Por volta de 1.000 peregrinos alojados em hotéis perto do rio já foram evacuados a outros hotéis ou refúgios seguros, informou entre outros o diário de Paris “Le Figaro”.

Na Gruta, no meio da tarde de hoje (18.06.2013) a água atingia 1,40 metros de altura correndo em grande velocidade e arrastrando toda espécie de detritos como troncos de árvore, etc.

Segundo Mathias Terrier, diretor de comunicação do Santuário “sem dúvida isto vai superar a enchente de outubro de 2012 que atingiu 3,49 metros e causou danos ao próprio Santuário avaliados em mais de 1,3 milhões de euros” (por volta de R$ 4 milhões).

Trata-se de uma enchente histórica também pelo fato de acontecer tão próxima da recente e impressionante inundação da Gruta em outubro de 2012.

quarta-feira, 12 de junho de 2013

Tríduo da Virgem de Lourdes

Nossa Senhora de Lourdes na sua gruta de Massabielle, França
Nossa Senhora de Lourdes na sua gruta de Massabielle, França


Durante três dias recitar as seguintes orações:

Pelo sinal da Santa Cruz...

Oh! Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós!

Debaixo de teu amparo nos acolhemos, Santa Mãe de Deus!

Não deixes as súplicas que te dirigimos em nossas necessidades (formular aqui os pedidos);

Antes bem, livrai-nos de todo mal Oh! Virgem Gloriosa e Bendita!

Oh! Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós!

Ante Vós, Virgem de Lourdes, ante teu Coração Imaculado, queremos unir-nos hoje de novo a nosso Redentor que se tem oferecido pelos homens, a fim de regenera-los com o perdão e alimenta-los com sua vida.

Vós, que tens unido, a Jesus em sua oferenda pela salvação do mundo.

Vós, mediante a voz de Bernadete, nos suplicas que acolhamos a penitência, a conversão, o rosário.

segunda-feira, 29 de abril de 2013

Vocação e missão providencial do Brasil

No anoitecer em São João d’El Rei, o imponderável das ruas evoca um Brasil que deveria ter sido, um Brasil que não podemos admitir que nunca venha a ser.

Traz uma saudade de um Brasil tão diferente disso que hoje presenciamos, que até parece um sonho.

Mas não é um mero sonho, é uma promessa:

É a promessa da Providência Divina, que chamou o Brasil para uma missão especial.

Qual é essa missão providencial?

O que diz essa promessa?

Ei-la:

“Talvez não fosse ousado afirmar que Deus colocou os povos de sua eleição em panoramas adequados à realização dos grandes destinos a que os chama.

domingo, 17 de março de 2013

Como foi a 1ª aparição: à procura de gravetos para suportar o frio

Lourdes, Massabielle em 1858
Uma das primeiras fotos da Gruta.
É de se observar que a imagem atual ainda não havia sido instalada,
e muitas pedras originais ainda não haviam sido removidas
Todavia, naquele 11 de fevereiro a luta pela vida continuou implacável.

O pai, Francisco, deitou-se entre esgotado e deprimido.

O frio em Lourdes corta a pele como uma navalha e não havia lenha na lareira.

Bernadette prontificou-se a colher gravetos num bosque vizinho. Iria junto com umas amigas que também tinham necessidade.

Louise, a mãe, não queria pois a saúde de Bernadette, que padecia de asma, andava fraca.

domingo, 10 de março de 2013

Ultima aparição a Santa Bernadette: na festa de Nossa Senhora do Carmo

Nossa Senhora do Carmo, Sao Joao del Rei, Lourdes
A última vez que Santa Bernadette viu a Nossa Senhora na gruta de Lourdes foi no dia 16 de julho de 1858, festa de Nossa Senhora do Carmo, ou do Monte Carmelo.

Trata-se de mais antiga devoção a Nossa Senhora, pois originou-se no Antigo Testamento.

O profeta Elias viu, simbolizada numa nuvenzinha, a Mãe do Salvador, quando ele estava rezando no Monte Carmelo, Terra Santa, acosado pelas tropas do ímpio Acab, rei prevaricador de Israel.

Por isso, na Missa desta festa, em lugar da Epístola, a Igreja mandava ler o seguinte trecho do Antigo Testamento:

"Eu sou a mãe do amor formoso, e do temor, e do conhecimento, e da santa esperança. Em mim há toda a graça do caminho e da verdade, em mim toda a esperança da vida e da virtude. Passai-vos a mim todos os que me cobiçais, encheivos dos meus frutos; porque o meu espírito é mais doce do que o mel, e a minha herança vence em doçura o mel e o favo" (Ecl 24, 24-27)

Desde então, os discípulos de Santo Elías, foram chamados "os filhos do profeta" cultuaram a Mãe do Messias que iria vir. A Ordem do Carmo é a continuadora deste filão mariano.

domingo, 17 de fevereiro de 2013

Na festa de Santa Bernadette: pedir o admirável equilíbrio mental e a ardente devoção a Nossa Senhora que ela teve

A biografia de Santa Bernadette Soubirous, cuja festa é comemorada hoje, 18 de fevereiro, na França, atesta bem a ardente devoção que ela teve a Nossa Senhora (alhures comemora-se em 16 de abril, data de sua partida ao Céu).

Santa Bernadette não deixou transparecer senão muito pouca coisa de sua devoção a Nossa Senhora.

Ela não procurou fornecer qualquer dado, reflexão, enriquecimento da mariologia, nem algum sistema de devoção novo em relação a Nossa Senhora.

Pelo contrário, via-se que ela era muito devota, mas de tudo quanto dizia sobre Nossa Senhora não resultava nada de muito especial para a devoção à Mãe de Deus.

Nesse sentido, Santa Bernadette teve uma devoção muito parecida com a da irmã Lúcia, vidente de Fátima.

Sua missão foi de revelar ao mundo as aparições de Lourdes. Ela prestigiou essas aparições tornando-se freira na Congregação das Irmãs da Caridade de Nevers e santa canonizada pela Igreja.

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Sim! Nós podemos retribuir a Nossa Senhora de Lourdes as graças recebidas. Como? Falando a outros de seus milagres.

  Em Lourdes, Nossa Senhora realiza uma intervenção histórica extraordinária
Em Lourdes, Nossa Senhora realiza uma intervenção histórica extraordinária
A manifestação de Nossa Senhora em Lourdes foi uma das mais fenomenais na longa luta de Nossa Senhora contra a falta de fé, contra impiedade e o indiferentismo, instrumentos concebidos pelo demônio contra Cristo e sua Igreja.

Ocorrida em 1858, essa aparição correspondeu ao auge de uma perseguição e ridicularizações à Fé, que o mundo inteiro já não tinha ou fingia não ter.

A tal ponto, que poucos eram os que professavam claramente a Fé católica, e os que não professavam pediam provas dela.

domingo, 3 de fevereiro de 2013

Nos aproximando da festa de Nossa Senhora de Lourdes: o grande apelo da Mãe de Deus

Apenas Santa Bernadette viu, ouviu e falou com Nossa Senhora.

Mas, as multidões, acorrendo à gruta, vendo-a e imitando-lhe os gestos de piedade, tinham uma certeza inabalável da realidade das aparições.

Por assim dizer, os fiéis “viam” Nossa Senhora em Santa Bernadette, e experimentavam sua influência indizivelmente benéfica ao imitarem seus gestos.

sábado, 2 de fevereiro de 2013

Início da novena de Lourdes: a promessa de sermos ouvidos sempre

Malgrado todas as oposições, a devoção a Nossa Senhora de Lourdes só fez progredir nos últimos séculos.

Hoje é, de longe, o santuário mariano mais freqüentado da França e um dos mais visitados do mundo.

Milhões de fiéis vindos de todos os continentes ali afluem todos os anos.

E com freqüência, no universo católico, encontram-se capelas ou grutas consagradas a Nossa Senhora de Lourdes.

Um conhecido escritor observou que, mesmo nestes anos de crise que vêm abalando a Igreja, em Lourdes “foram conservadas, de maneira ininterrupta, práticas religiosas desaparecidas em numerosas paróquias, ou até em dioceses: a recitação do terço, as procissões, a adoração e procissão do Santíssimo Sacramento”.

Em Lourdes, a Virgem Imaculada que esmaga perpetuamente a cabeça da serpente infernal está continuamente nos acenando para a vitória sobre o orgulho revolucionário. Promessa de vitória que Ela mesma veio renovar em Fátima, anunciando o triunfo do seu Imaculado Coração.

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Modelo para difundir a devoção a Nossa Senhora de Lourdes

Modelo para difundir a devoção a Nossa Senhora de Lourdes (em cores)
Dá dois santinhos cada folha A4 imprimindo frente e verso
Inclui espaço em branco para acrescentar dados (endereço, telefone, paróquia)
Leia o conteúdo embaixo:
Nossa Senhora de Lourdes

A partir de 11 de fevereiro de 1858, Nossa Senhora apareceu 18 vezes a Santa Bernadette Soubirous, numa gruta perto de Lourdes, França.

A santa perguntou à Dama quem era e o que queria. Ela respondeu: “Eu sou a Imaculada Conceição”.

domingo, 27 de janeiro de 2013

A festa de Lourdes está perto: esperança para os que sentem tudo indo à breca

Doente assistido por voluntários
Doente assistido por voluntários
Imaginemos uma família riquíssima que tem tudo para viver bem.

Mora na vivenda mais agradável que pode haver, tem iate, tem avião, tem digitais, tem facilidades de passar férias fabulosas. 

O trabalho é leve, não dá preocupação porque a fortuna é próspera.

Os membros da família tratam muito bem da saúde, de maneira que todos têm uma saúde florescente, tudo corre muito bem.

Mas se não há fé essa família degringola.

A união desaparece entre os esposos, os filhos não querem bem aos pais, os irmãos não se estimam entre si, nascem as queixas, as reivindicações, e a família se desarticula.

Imaginemos uma família pobre como a de Santa Bernadette Soubirous. Seus pais ficaram paupérrimos.

A família toda morava numa cela de prisão abandonada.

segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

“Lourdes e suas aparições”: uma mensagem do webmaster

2012 encerrou-se há uma semana. 2013 avança.

O que é que o novo ano nos deparará?

Uma saudade profunda palpita nos subsolos psicológicos, morais e religiosos da humanidade de tantas almas... tal vez seja o caso dos prezados leitores deste blog...

E essa saudade pede um retorno à verdadeira ordem. Portanto, à ordem católica, à civilização cristã.

Será que essa saudade se tornará feliz realidade em 2013?

Ou, pelo contrário, assistiremos – e seremos de alguma maneira atingidos – ao agravamento da marcha rumo ao esboroamento que predominou na espécie de Torre de Babel que foi o ano de 2012?

quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Quem foram os Reis Magos?

'A viagem dos Magos' (1894), Jacques-Joseph Tissot (1836-1902), pintor francês.




Um antigo documento conservado nos Arquivos Vaticanos lança uma certa luz, embora indireta e sujeita a caução, sobre a pessoa dos Reis Magos que foram adorar o Menino Jesus na Gruta de Belém.

A informação foi veiculada por muitos órgãos de imprensa e páginas da Internet.

O documento é conhecido como “A Revelação dos Magos”.

Provavelmente seja algum “apócrifo”, nome dado aos livros não incluídos pela Igreja Católica na Bíblia. Portanto, não são “canônicos”, apesar de poderem ser de algum autor sagrado.