quarta-feira, 1 de julho de 2020

Lourdes: a luz brilha nas trevas do flagelo universal

Coroa sobre a basílica do Rosário em Lourdes. Atrás: torre da basílica da Imaculada Conceição, também em Lourdes
Coroa sobre a basílica do Rosário em Lourdes.
Atrás: torre da basílica da Imaculada Conceição, também em Lourdes
Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs







A luz brilhou nas trevas (Jo. 1, 5): foi com estas palavras, que São João, o discípulo amado anunciou o grande acontecimento do Natal.

A fórmula é muito sintética mas exprime o conteúdo inexaurivelmente rico do grande fato. Havia no mundo trevas por toda parte, e na obscuridade dessas trevas se acendeu a Luz. Quer dizer a Luz de Cristo.

Por isto a Santa Igreja evoca com júbilo as palavras do profeta Isaías anunciando o Natal: “A luz brilhará hoje sobre nós, porque nos nasceu o Senhor. Seu Nome é Admirável, Deus, Príncipe da Paz, Pai do século futuro, e Seu reino não terá fim” (Is. 9, 2 e 6 - intróito da 2ª Missa do Natal).

Por que luz? Por que trevas? Por que rememorar esta alusão no momento em que a pandemia ainda aflige a Terra? Porque existe a Gruta de Lourdes... vejamos

As trevas que cobriam a Terra quando o Salvador nasceu eram a idolatria dos gentios, o ceticismo dos filósofos, a dureza dos ricos, a rebeldia e o ócio dos pobres, a crueldade dos soberanos, a ganância dos homens de negócio, a injustiça das leis, a conformação defeituosa do Estado e da sociedade, a sujeição do mundo inteiro à iniquidade, comentou o prof. Plinio Corrêa de Oliveira.

A missão da luz é dissipar as trevas. E aos poucos foram elas cedendo diante da Igreja que se expandia. A vitória da luz aumentava com a instauração da Civilização Cristã, autêntico Reino de Cristo na Terra.

Mas após mais de um milênio inicial promissor, as trevas começaram a voltar.

Um crepúsculo se abateu sobre a Cristandade ocidental. Basta considerar a queda desde o século de São Tomás e São Luís, auge da Idade Média, até chegar a nossa era de laicismo e de ateísmo militante.

Os ricos são novamente duros, os pobres tendem cada vez mais para a rebeldia e o ócio, a crueldade penetrou novamente nas leis dos povos e nas relações entre as nações, a ganância dos homens de negócios não tem limites, as leis são cada vez mais socialistas — e, pois, cada vez mais injustas — a conformação da sociedade e do Estado é cada vez mais defeituosa.

O quadro tenebroso do mundo antigo se repete mudando apenas os nomes. Trocando Roma ou Babilônia por Washington e Moscou, por exemplo.

Mas Nossa Senhora quis intervir e acender uma luz em Lourdes que não há trevas que possam apagar.

Fecharam até o ingresso ao santuário onde acontecem as curas. Mas, agora, felizmente, começou a ser reaberto. É verdade que com restrições, mas o número dos que vão até lá para rezar aos pés da Gruta milagrosa é cada vez maior.

Até em assembleias eclesiásticas de alto nível se fala, aliás de um modo assaz frio e técnico, da hodierna incapacidade de discernir entre a verdade e o erro; da indiferença completa entre o bem e o mal; do ódio militante à Igreja; da idolatria da carne, do dinheiro e da saúde por cima de Lei de Deus e de sua Igreja.

Paira acima de tudo isto um tão formidável endurecimento no mal, como poucas vezes antes o registrou a História, que não parece provir apenas do ser humano.

Sublinhamos o silêncio e a cegueira ante os milagres estupendos que Nossa Senhora produz de maneira escachoante em Lourdes.

E em todos os santuários – desde os maiores até os mais pobrezinhos numa roça – onde se venera uma réplica da gruta de Lourdes, da Imaculada Conceição falando a Santa Bernadette.

Nossa Senhora pode tudo
Nossa Senhora pode tudo
A bondade sem fim de Nossa Senhora não para, nem mesmo diante das maiores ingratidões, e seus milagres continuam.

Ela é a onipotência suplicante e prometeu o triunfo do Seu Imaculado Coração mesmo após as trevas terem acreditado que venceram, que apagaram nações inteiras da Terra e praticaram o atentado supremo contra o Vigário de Cristo.

Nossa Senhora de Lourdes, a Imaculada Conceição, Seu Imaculado Coração triunfará, Seu Reino virá.

As trevas voltarão a ser precipitadas nos abismos infernais de onde nunca deveriam ter saído.

Vistas assim as coisas, é claro que se trata de voltarmos com todas as forças para Nossa Senhora.

Para Aquela que contra o inferno é mais terrível que um exército em ordem de batalha, mas para seus filhos é a Mãe terníssima para quem nunca alguém que recorreu a seu auxílio ficou desamparado

O mundo se debate num turbilhão de elementos desencadeados, nele sopra o espírito das tempestades.

Acha-se que o mundo não se converte porque para isso seria preciso acender holofotes tão potentes que abram os olhos aos cegos, e então não se converte ninguém.

Para o pobre pedreiro cego por causa de uma lasca de pedra no olho que lhe impedia ver e que a medicina não consertava, bastou lavar o rosto na fonte de Lourdes e voltou a ver... com o olho ainda estragado!!!

Em Lourdes os surdos ouviram; os escravos da lascívia, do mundanismo, do satanismo, se converteram; os paralíticos caminharam, os doentes de toda espécie de males sem cura, saíram curados.

Agora é o mundo todo que precisa de uma grande cura. Mas para Nossa Senhora que tudo pode, tudo é possível. É só pedir, invocar, clamar, mas com muita confiança onde houver uma imagem de Lourdes! Até em casa!:

Nossa Senhora de Lourdes, rogai por nós!


VEJA O QUE ACONTECE EM LOURDES NA PÁGINA ESPECIAL DE VÍDEOS -- CLIQUE AQUI



Acompanhe online o que está acontecendo agora na própria gruta de Lourdes pela Webcam do santuário.

quarta-feira, 24 de junho de 2020

Chegando a Lourdes como à casa materna

Basílica da Imaculada Conceição. A Gruta está embaixo, onde estão os fiéis.
Basílica da Imaculada Conceição. A Gruta está embaixo, onde estão os fiéis.
Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs









Chegando a Lourdes, um instinto misterioso conduz o neófito rumo à Gruta.

Os cartazes são inexistentes e desnecessários.

Os guardas são escassos e sem trabalho.

 A multidão é ordenada, composta e fervorosa. Tudo é pulcro e bem conservado.

Magotes de peregrinos convergem para o local das aparições. Uns rezam em grupo ou isoladamente, em voz alta ou baixa; outros cantam.

Ainda outros caminham em atitude recolhida, ou com ávida curiosidade, até o fulcro dessa unção que a tudo envolve maternalmente.

Não há algazarra nem pesado silêncio.Há uma plenitude de vida harmoniosa, impregnada de sobrenatural, que empolga.

Doentes chegam de todos os países.
Alguns chegam acompanhados de um sacerdote.A imensa maioria vem por iniciativa própria.

O que os levou lá?O que a graça disse na alma daquele romeno, australiano, japonês, brasileiro ou sul-africano, para virem de todos os recantos da Terra a Lourdes, com tanta consonância de espírito?

À direita de quem chega, o caudaloso rio Gave corre impetuosamente, emitindo leve murmúrio, imagem material dessa torrente de graças que ali age tão poderosa e discretamente nas almas.

À esquerda estão as numerosas torneiras onde os romeiros colhem e bebem a água da fonte aberta por Santa Bernadete por ordem de Nossa Senhora.

Logo a seguir, a Gruta das aparições. Como descrevê-la? É difícil.

Nada há nela que não se pareça com mais uma concavidade lavrada na rocha pelo vento e pelas águas.

No fim da procissão das velas
Imagem no fim da procissão
Porém, olhando-a, tem-se a impressão de contemplar uma janela que abre direto para o Céu.

No alto, à direita, numa espécie de túnel aberto na rocha, a famosa imagem de Nossa Senhora de Lourdes, tão simples, sem mérito artístico especial, irradiando um oceano de graças.

No canto inferior à esquerda, no fundo, a fonte que Santa Bernadete cavou com suas próprias mãos, a mando de Nossa Senhora.

A água jorra límpida, incessante, com a musicalidade aconchegante de um despretensioso manancial de montanha.

Eis a água de Lourdes, eis o simples instrumento de que Nossa Senhora se serve para vencer a doença e o pecado, a lubricidade igualitária da humanidade que recusou a Civilização Cristã.

Que contraste! Que glória, que poder da Santíssima Virgem!

Toda a obra de impiedade erigida em séculos de Revolução, vencida pela Rainha dos Céus e da Terra com um simples fio de água!


VEJA O QUE ACONTECE EM LOURDES NA PÁGINA ESPECIAL DE VÍDEOS -- CLIQUE AQUI



Acompanhe online o que está acontecendo agora na própria gruta de Lourdes pela Webcam do santuário.

quarta-feira, 17 de junho de 2020

Ladainha a Nossa Senhora de Lourdes

Reproduções da Gruta de Lourdes existem pelo mundo todo.  Esta fica em Cotabato, nas Filipinas.
Reproduções da Gruta de Lourdes existem pelo mundo todo.
Esta fica em Cotabato, nas Filipinas.
Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs









Senhor, tende piedade de nós;

Cristo, tende piedade de nós;

Senhor, tende piedade de nós;

Cristo, ouvi-nos; Cristo, por vossa graça atendei-nos.

Deus Pai que estás no céu, tende piedade de nós.

Deus Filho, Redentor do mundo, tende piedade de nós.

Deus Espírito Santo, tende piedade de nós.

Santíssima Trindade, único Deus; tende piedade de nós.

Santa Maria, rogai por nós.

Santa Mãe de Deus, rogai por nós.

Mãe de Cristo, rogai por nós.

Mãe do nosso Salvador, rogai por nós.

Nossa Senhora de Lourdes, auxílio dos cristãos, rogai por nós.

Nossa Senhora de Lourdes, fonte de amor, rogai por nós.

Nossa Senhora de Lourdes, mãe dos pobres, rogai por nós.

Nossa Senhora de Lourdes, mãe dos deficientes, rogai por nós.

Nossa Senhora de Lourdes, mãe dos orfãos, rogai por nós.

Gruta de Lourdes na igreja de Santo Inácio.  Praga, República Checa.
Gruta de Lourdes na igreja de Santo Inácio.
Praga, República Checa.
Nossa Senhora de Lourdes, mãe de todas as crianças, rogai por nós.

Nossa Senhora de Lourdes, mãe de todas as nações, rogai por nós.

Nossa Senhora de Lourdes, mãe da Igreja, rogai por nós.

Nossa Senhora de Lourdes, amiga dos solitários, rogai por nós.

Nossa Senhora de Lourdes, conforto dos que choram, rogai por nós.

Nossa Senhora de Lourdes, abrigo dos sem-teto, rogai por nós.

Nossa Senhora de Lourdes, guia dos viajantes, rogai por nós.

Nossa Senhora de Lourdes, força dos fracos, rogai por nós.

Nossa Senhora de Lourdes, refúgio dos pecadores, rogai por nós.

Nossa Senhora de Lourdes, conforto dos sofredores, rogai por nós.

Nossa Senhora de Lourdes, socorro dos moribundos, rogai por nós.

Em Yangon, Myanmar.
Em Yangon, Myanmar.
Nossa Senhora de Lourdes, Virgem Imaculada. Rogai por nós!

Nossa Senhora de Lourdes, Mãe do Divino Salvador. Rogai por nós!

Nossa Senhora de Lourdes que escolheste por mensageira uma pobre menina. Rogai por nós!

Nossa Senhora de Lourdes, que fizeste jorrar sobre a terra uma fonte que conforta tantos peregrinos. Rogai por nós!

Nossa Senhora de Lourdes, dispensadora dos dons do Céu. Rogai por nós!

Nossa Senhora de Lourdes, a Quem Jesus nada pode recusar. Rogai por nós!

Nossa Senhora de Lourdes, a Quem nunca ninguém invocou em vâo. Rogai por nós!

Nossa Senhora de Lourdes, Consoladora dos Aflitos. Rogai por nós!

Nossa Senhora de Lourdes, que nos cura de todas as moléstias. Rogai por nós!

Nossa Senhora de Lourdes, esperança dos peregrinos. Rogai por nós!

Nossa Senhora de Lourdes, intercessora dos pecadores. Rogai por nós!

Em Carfin, Escócia.
Em Carfin, Escócia.
Nossa Senhora de Lourdes, que nos convida à penitência. Rogai por nós!

Nossa Senhora de Lourdes, sustento da Santa Igreja. Rogai por nós!

Nossa Senhora de Lourdes, Advogada das almas do Purgatório. Rogai por nós!

Nossa Senhora de Lourdes, Virgem do Santo Rosário. Rogai por nós!

Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo... Perdoai-nos oh! Senhor

Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo... Ouvi-nos oh! Senhor

Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo... Tende piedade de nós.

Rogai por nós, Santa Virgem de Lourdes.... Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

Oremos

Senhor Jesus, nós vos bendizemos e vos agradecemos por todas as graças que concedestes ao vosso povo penitente e sofredor, por meio de vossa Mãe, a Virgem de Lourdes. Fazei que pela Sua intercessão possamos ter parte no tesouro de vossas graças, para melhor vos amar e vos servir. Amém



Acompanhe online o que está acontecendo agora na própria gruta de Lourdes pela Webcam do santuário. 


sábado, 13 de junho de 2020

Santo Antônio, “Arca do Testamento”, “Martelo dos Hereges” e o milagre de tomada de Orã

Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs







Santo Antônio de Pádua, ou de Lisboa, Confessor e Doutor da Igreja é chamado “Arca do Testamento” e “Martelo dos Hereges”, foi um frade franciscano do século XIII.

Estando em 1950 em Assis, eu tive ocasião de me documentar a respeito de como era Santo Antônio.

E ali se mostra, na Basílica de Assis, um quadro pintado por Giotto, que passa por ser o quadro mais provavelmente representativo da pessoa de Santo Antônio.

E se trata de uma pessoa de corpo hercúleo, de pescoço taurino, forte, de expressão de fisionomia séria, de olhar imperioso e majestoso.

Sua atitude corresponde a um Doutor da Igreja que ele era.

Comprei então algumas fotografias dessa imagem.

quarta-feira, 10 de junho de 2020

Corpus Christi:
Fé combativa no Santíssimo Sacramento

Procissão de Corpus Christi, La Orotava, Canárias, Espanha.
Procissão de Corpus Christi, La Orotava, Canárias, Espanha.
Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs





O Corpus Christi é a festa católica que glorifica especialmente a presença de Jesus Cristo no Santíssimo Sacramento. A festa da instituição do Santíssimo Sacramento é na Quinta-feira Santa, na Última Ceia.

Mas a Igreja percebeu a necessidade da comemorar separadamente o Corpus Christi.

E essa festa vem sendo acompanhada de graças tão insignes, e assim o será até o fim dos tempos em que num dia glorioso mais desditado será comemorada pela última vez antes do fim do mundo.

Protestantes e hereges negam a presença real de Nosso Senhor Jesus Cristo no Santíssimo Sacramento. Esse é um dos piores escândalos da história.

Os medievais tinham uma profunda fé na presença real, que dizer que Nosso Senhor Jesus Cristo está presente verdadeira e substancialmente em Corpo, Sangue, Alma e Divindade nas espécies consagradas pelo sacerdote na Missa.

Portanto, é uma devoção enorme à Santa Missa e à adoração do Santíssimo Sacramento.

Lutero e os protestantes, hoje também os progressistas, negam boçalmente a presença real.

quarta-feira, 3 de junho de 2020

Oração a Nossa Senhora de Lourdes

Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs





Ó Minha Senhora e minha Mãe, Vós manifestastes em Lourdes a grandeza de vosso poder e a imensidade de vossa bondade e por isso todos os homens vão a Vós e Vós os curais.

Fazei-me compreender, minha Mãe, que, no sentido espiritual, toda a Igreja Católica é uma Lourdes.

Que ali Vós vos manifestais aos homens, e os curais.

quarta-feira, 27 de maio de 2020

O Padre Pio visitava Lourdes em bilocação

O santo Padre Pio abençoa na Missa. Podem-se apreciar os estigmas na mão.
O santo Padre Pio abençoa na Missa. Podem-se apreciar os estigmas na mão.
Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs





A bilocação é o fenômeno místico que permite a uma pessoa estar em dois lugares ao mesmo tempo. Segundo a Igreja Católica, o dom da bilocação é uma graça que poucos recebem.

O santo Padre Pio foi um caso arquetípico de uma alma virtuosa galardoada com esse dom que foi observado em numerosas circunstâncias por irmãos capuchinhos ou outros eclesiásticos.

Como qualquer bom filho que de vez em quando quer abraçar amorosamente sua mãe, às vezes Padre Pio certas vezes se transportava em bilocação a Lourdes, fato documentado por numerosos testemunhos de irmãos.

Na realidade, o santo contou ao padre Rosário de Aliminusa que quando era jovem desejou ir fisicamente a Lourdes, mas que depois tinha perdido a vontade de ir porque uma vez ele descreveu o que tinha visto em sonho a uma pessoa que tinha estado e essa pessoa lhe tinha garantido que Lourdes era exatamente como ele a descreveu.

quarta-feira, 20 de maio de 2020

O 69º milagre reconhecido em Lourdes

Danila Castelli em sua casa
Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs









A beneficiada pelo 69º milagre de Lourdes canonicamente reconhecido é a italiana Danila Castelli.

Nota: Felizmente após este reconhecimento se deu mais um. O da Irmã Bernadette Moriau,

Ela foi curada miraculosamente da síndrome da cauda equina, quando tinha 79 anos em 11-07-2008. 

Ela é de Beauvais (França) e o reconhecimento aconteceu em 11-02-2018. 

Veja como foi em "Mais um milagre de Lourdes proclamado oficialmente. É o nº 70"

quarta-feira, 13 de maio de 2020

Santa Bernadette conta as aparições de Lourdes (2)

Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs










5ª aparição — sábado, 20 de fevereiro

A mãe de Santa Bernardette confidenciou que Nossa Senhora “teve a bondade de ensinar-lhe, palavra por palavra, uma oração somente para ela”.

6ª aparição — domingo, 21 de fevereiro

“Esta rainha misericordiosa me disse também para rezar pela conversão dos pecadores. Ela me repetiu várias vezes essas mesmas palavras”.

“Disse-me também que não me prometia tornar-me feliz neste mundo, mas no outro”.

7ª aparição — terça-feira, 23 de fevereiro

“Ela me deu três segredos que me proibiu de contar”

“Eles só se referem a mim, não são nem sobre a Igreja, nem sobre a França, nem sobre o Papa”.

quarta-feira, 6 de maio de 2020

Santa Bernadette conta as aparições de Lourdes (1)


Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs







1ª aparição — quinta-feira, 11 de fevereiro

“A primeira vez que fui à gruta, era quinta-feira, 11 de fevereiro. Fui para recolher galhos secos com outras duas jovens.

“Ouvi um barulho como se fosse uma ventania. Então girei a cabeça para o lado do gramado, do lado oposto da gruta. Vi que as árvores não se moviam.

“Ouvi mais uma vez o mesmo barulho. Assim que levantei a cabeça, olhando a gruta, vi uma Dama vestida de branco.

“Tinha um vestido branco, um véu branco, um cinto azul e uma rosa em cada pé, da cor da corda do seu terço.

“Eu pensava ser vítima de uma ilusão. Esfreguei os olhos, porém olhei de novo e continuei a ver a mesma Dama. Coloquei a mão no bolso, para pegar o meu terço.

quarta-feira, 29 de abril de 2020

Prêmio e confirmação do dogma da Imaculada Conceição definido por Pio IX

Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs









Um comentário que não se acostuma ouvir sobre Lourdes.

Todo mundo diz que a proclamação do dogma da Imaculada Conceição teve um duplo aspecto no espírito do Beato Pio IX.

Em primeiro lugar, a afirmação de um dogma de grande importância para o progresso da mariologia dentro da Igreja.

Em segundo lugar, a afirmação de um dogma tão profundamente anti-igualitário que esmagaria o ceticismo do século.

E os milagres de Lourdes são de natureza a esmagar o ceticismo.

Eles vieram confirmando o dogma uma vez que Nossa Senhora declarou que Ela era a Imaculada Conceição.

É uma espécie de prêmio e de confirmação da veracidade do dogma definido.

Pio IX aí fez exatamente o contrário do que satisfazer a Revolução, fez exatamente o contrário de dar a carne para a fera.

quarta-feira, 22 de abril de 2020

Tríduo da Virgem de Lourdes

Nossa Senhora de Lourdes na sua gruta de Massabielle, França
Nossa Senhora de Lourdes
na sua gruta de Massabielle, França
Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs









Durante três dias recitar as seguintes orações:

Pelo sinal da Santa Cruz...

Oh! Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós!

Debaixo de teu amparo nos acolhemos, Santa Mãe de Deus!

Não deixes as súplicas que te dirigimos em nossas necessidades (formular aqui os pedidos);

Antes bem, livrai-nos de todo mal Oh! Virgem Gloriosa e Bendita!

Oh! Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós!

Ante Vós, Virgem de Lourdes, ante teu Coração Imaculado, queremos unir-nos hoje de novo a nosso Redentor que se tem oferecido pelos homens, a fim de regenera-los com o perdão e alimenta-los com sua vida.

Vós, que tens unido, a Jesus em sua oferenda pela salvação do mundo.

Vós, mediante a voz de Bernadete, nos suplicas que acolhamos a penitência, a conversão, o rosário.

quarta-feira, 15 de abril de 2020

Santa Bernadette e a coragem de dizer as verdades

Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs









Santa Bernadette Soubirous era uma camponesa de uma zona dos Pirineus meio espanholada. Essa zona constitui, debaixo de certo ponto de vista, uma síntese entre a Espanha e a França.

Ela tinha pouco cara de espanhola; muito mais cara de francesa até do que de espanhola.

Suas fotografias mostram um rosto ligeiramente dado para o quadrado, traços regulares e bem feitos, um olhar preto, grande, e com uma certa fixidez hispânica que o olhar francês não tem, que crava as verrumas e que olha mesmo, é radiográfico; e também um certo nariz espanhol, que é um traço de coerência de toda a fisionomia. Isto o que ela tinha muito acentuadamente.

O feitio de espírito dela era taxativo. Era de dizer as coisas no duro.

Era ela uma pessoa educada com muita simplicidade, tinha muita elevação de alma, mas não teve essa educação que ensina a não dizer tudo quanto a gente pensa. E isso foi bom para ela

O que ela pensava, ela dizia mesmo.

O todo dela era de um dégagé completo: como quem no fundo não pretende ser nada.

Era humildade diante de todo mundo, mas no serviço de Nossa Senhora não se dobrava ao juízo de ninguém.

quarta-feira, 1 de abril de 2020

Entronizar a Imaculada em Moscou,
quartel geral da Serpente infernal

Nossa Senhora de Quito: a Imaculada esmaga o dragão infernal.
Nossa Senhora de Quito: a Imaculada esmaga o dragão infernal.
Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs







continuação do post anterior: Plano de Deus: vitória da Imaculada sobre a doença, o pecado e o mal


Conferência de São Maximiliano Maria Kolbe, 11 de fevereiro de 1937.



Se nós somos almas consagradas, se somos cavaleiros da Imaculada, devemos sair a campo e lutar.

Devemos organizar todas as nossas forças para manter os virtuosos na fidelidade e conduzir os que erram de volta ao caminho da fé.

Conduzi-los de volta à misericórdia de Deus, à bondade materna da Imaculada, esclarecendo-os – com aquela paz inefável que o Senhor já concede na vida presente – sobre o destino eterno que nos espera e para o qual fomos criados.

Toda palavra portadora da verdade tira sua eficácia da graça divina.

Precisamente para combater tal perversa impiedade, a União Piedosa da Milícia de Maria Imaculada, com a aprovação da autoridade eclesiástica e dos Superiores da Ordem, foi estabelecida em 1917. [N.R.: em 17 de outubro, quatro dias depois do milagre do sol em Fátima, ao mesmo tempo que estourava a Revolução Comunista na Rússia].

terça-feira, 31 de março de 2020

Plano de Deus: vitória da Imaculada
sobre a doença, o pecado e o mal

As palavras de Nossa Senhora, inscritas ao pé de sua imagem em Lourdes
As palavras de Nossa Senhora, inscritas ao pé de sua imagem em Lourdes:
"Eu sou a Imaculada Conceição" (no dialeto de Santa Bernadette)



Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs










Conferência de São Maximiliano Maria Kolbe, 11 de fevereiro de 1937.



Na Sala da Imaculada, na Basílica dos Doze Apóstolos em Roma, a convite do Reverendíssimo Padre Beda M. Hess, Ministro Geral dos Irmãos Menores Conventuais, durante a reunião comemorativa do 20º aniversário da fundação em Roma da Milícia da Imaculada, no ano de 1917.

Na vasta audiência havia cardeais, bispos, membros da nobreza romana, professores universitários e representantes das grandes famílias franciscanas e de outras ordens religiosas.

O Pe. Vittorio Di Lillo registrou o evento em Incontri con Padre Massimiliano, págs. 43-48.

São Maximiliano começou recordando a festa do dia – Nossa Senhora de Lourdes – e sua primeira aparição na gruta de Massabielle.


Cremos na proclamação infalível do Papa que definiu o dogma da Imaculada Conceição anteriormente, em 1854 [N.R.: antes das aparições de Lourdes em 1858], mas devemos agradecer à Santíssima Virgem, que desejava confirmar essa verdade com suas instruções e milagres, especialmente para aqueles que não acreditam.

domingo, 29 de março de 2020

No Dia da Anunciação, o Arco-Íris se faz ver em Lourdes

Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs









Paulo Roberto Campos
Agência ABIM


De um colega que reside na França, recebi estas fotos de um belo arco-íris visto em Lourdes, justamente no dia 25 de março, dia da Anunciação do Anjo e da Encarnação do Verbo.

Pode-se dizer que a vinda de Nosso Senhor Jesus Cristo à Terra, por meio da Santíssima Virgem, foi a magna aliança de Deus com os homens.

Portanto, é muito simbólico o Arco-da-Aliança surgindo em Lourdes no dia da Anunciação.

terça-feira, 24 de março de 2020

Anunciação: a festa dos escravos de Maria segundo o método de São Luis Grignon de Montfort

Corrente e Cruz de Nossa Senhora, Aparições de La Salette

Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs








Em La Salette, Nossa Senhora apareceu usando uma Cruz e uma corrente todas especiais.

Mélanie, ela própria nos contou como eram:

“A Santa Virgem tinha uma belíssima cruz pendurada no pescoço.

“Essa cruz parecia ser dourada, mas digo dourada para não dizer que era folheada a ouro (...). Sobre esta cruz brilhantíssima havia um crucificado.

“Era Nosso Senhor com os braços estendidos sobre a cruz. Quase nas duas extremidades da cruz, de um lado havia um martelo e do outro uma torquês.

“A cor da pele do crucificado era natural, mas brilhava com grande fulgor.

“E a luz que emanava de todo seu corpo parecia dardos brilhantíssimos que perpassavam meu coração de desejo de me fundir n’Ele.

domingo, 22 de março de 2020

São Sebastião: o vencedor das epidemias

São Sebastião, vencedor das epidemias. Igreja de Sant'Agostino, San Gimignano, Itália (detalhe).
São Sebastião, vencedor das epidemias.
Igreja de Sant'Agostino, San Gimignano, Itália (detalhe).
Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs






São Sebastião, o famoso mártir nasceu em Narbonne (atualmente na França) no ano 256 da era cristã, foi educado em Milão, norte da Itália, de onde era sua mãe.

Seu pai era militar e ele ingressou como soldado no exército do Império de Diocleciano e logo tornou-se primeiro capitão da guarda.

Nesta época, a Igreja e os cristãos sofriam duras perseguições por parte do imperador, que queria aniquilar o cristianismo.

Porém, Sebastião confortava os cristãos presos e os exortava ao heroísmo servindo-se do prestígio de sua condição de oficial.

Acabou sendo denunciado e conduzido à presença do imperador.

Sebastião venceu todo medo e com grande sabedoria e inspirado pelo Espírito Santo increpou o imperador.

quarta-feira, 11 de março de 2020

Fechar as piscinas de Lourdes?
Desrespeito atrai males piores que o coronavírus

Um piscinas de Lourdes para os fiéis segundo mandou Nossa Senhora a Santa Bernadette
Uma piscina de Lourdes segundo mandou Nossa Senhora a Santa Bernadette
Roberto de Mattei
(1948 - )
professor de História,
especializado nas ideias
religiosas e políticas no
pós-Concilio Vaticano II.






As notícias são incríveis, mas infelizmente verdadeiras.

Por medo do coronavírus, o Santuário de Lourdes fechou todas as piscinas “por precaução” e “até novo aviso”. (Já tínhamos noticiado em post anterior: Por que não recorrer à água de Lourdes contra o coronavírus? Não é a grande solução?)

O mesmo santuário anunciou isso em 1º de março.

As piscinas de Lourdes são banheiras nas quais os peregrinos são imersos individualmente por alguns segundos para receber benefícios físicos e espirituais.

O local de onde essas águas fluem foi revelado pela própria Nossa Senhora a Santa Bernadette em fevereiro de 1858.

A água acabou sendo milagrosa e nunca deixou de fluir desde então.

Milhões de peregrinos vão a Lourdes todos os anos e cerca de 80 mil deles tomam banho nas piscinas.