Outras formas de visualizar o blog:

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Como ir a Lourdes: dicas e experiências

Como ir a Lourdes: dicas e experiências
Como ir a Lourdes: dicas e experiências
Luis Dufaur


Com relativa frequência recebemos o pedido de alguma indicação de como ir a Lourdes.

Não é tão difícil, pois todos os aspectos da viagem estão muito facilitados. Milhões de pessoas peregrinam ali todos os anos.

A dificuldade provém do fato de que em matéria de viagem os gostos e preferências são assaz diversos ou divergentes. Por isso, o que às vezes é interessante para uns não o é para outros.

Mas como não queremos deixar de dizer alguma coisa, nós nos limitaremos a focalizar em nossas experiências aquilo que possa ser de proveito para o maior número.

Também convidamos os leitores que tiverem melhores dicas, melhores – ou piores – experiências de viagem, a deixarem um comentário neste post (clicar no fim do post), para beneficio de eventuais romeiros.

Nas indicações seguintes temos em vista em particular o leitor brasileiro ou de ultramar. O leitor português tem muitas outras opções de acesso por terra e, além do mais, nós nunca fizemos o percurso a partir de Portugal.

Desde o Brasil

A parte principal da viagem acaba sendo de avião até alguma grande cidade vizinha de Lourdes.

As companhias aéreas oferecem muitos voos para Paris, onde há muitas opções de acesso a Lourdes. Este foi sempre o nosso caso.

Companhia aérea: é preferível a viagem direta a Paris, embora ela custe um pouco mais caro. Quem tem experiência em conexões de aeroporto pode encontrar passagens mais baratas fazendo conexões em outros aeroportos.

A TAM tem bons serviços, com a vantagem de ser brasileira, facilitando pela questão da língua. Mas há muitas outras saindo de diversos aeroportos brasileiros.

Época da viagem

Vista aérea do santuário de LourdesAs nossas melhores viagens foram no nosso outono – primavera na França – quer dizer, fim de março, abril e maio; e na nossa primavera – outono na França, quer dizer, outubro, novembro e início de dezembro.

No nosso inverno é verão na França e época de férias no Hemisfério Norte. Os preços dos aviões, hotéis, etc., disparam. Mesma coisa no período do Natal e Ano Novo.

Além do mais, no verão e nas férias Lourdes fica repleta. Não é fácil achar vaga no trem, nos hotéis, sendo preciso fazer fila para tudo, até para entrar na Gruta.

No nosso verão – inverno na França – em Lourdes faz muito frio. Em compensação, além de tudo ficar mais barato, tudo fica mais fácil: entrar e sair da Gruta, visitar os lugares ligados à vida de Santa Bernadette, etc.

Lembro com imensas saudades uma vigília noturna na Gruta, onde os romeiros ficavam todos dentro dela para se protegerem do vento, pisando no gelo... Só para quem gosta do frio!

De Paris até Lourdes

Estação de trem de Lourdes
Estação de trem de Lourdes
Há três opções: trem, carro e avião.

Trem. É o mais fácil. Da estação Montparnasse, no centro de Paris, todos os dias saem trens um após o outro, sobretudo pela manhã. Demoram entre seis e sete horas, são muito silenciosos, podendo-se ler, rezar, conversar, olhar o panorama, tirar uma soneca...

Praticamente todos são trens de alta-velocidade – os TGV – e chegam no centro de Lourdes depois do almoço.

Para quem não conhece o sistema dos trens europeus, é melhor escolher os trens diretos. Mas as conexões são simples, bem sinalizadas e funcionam no horário.

Os preços dos trens mudam dependendo da época e, sobretudo, da data de compra da passagem. Se compradas com antecipação podem sair muito mais baratas. As passagens se compram no site dos trens franceses, ou SNCF (clicar AQUI).

Procurando com antecedência pela Internet, pode-se pagar muito menos. Da última vez fomos em três e pagamos o equivalente a um e com direito a primeira classe.

Para isso, procurar as passagens que eles chamam de PREMs, ou TGV Prem's, que são as ofertas.

Carro. Anexamos um mapa do Google. Neste mapa há três trajetos sugeridos (passar o mouse sobre "trajetos sugeridos" para visualizá-los). A continuação a estrada preferencial:


Ver mapa maior

1) O percurso mais rápido se faz pela autoestrada A20 (acima), que vai para Toulouse e segue até Tarbes.

É uma autoestrada novinha, em perfeito estado, mas cacete como toda autoestrada. Tem muito pedágio, mas compensa economicamente se forem várias pessoas.

Em Tarbes se pega um trecho de 20 quilômetros até Lourdes, estrada simples, mas boa.

Gruta de Nossa Senhora de Lourdes
Gruta de Nossa Senhora de Lourdes
2) No mapa maior (clicar Ver mapa maior) há a opção pela autoestrada A10, também muito boa.

3) E, em terceiro lugar, (clicar Ver mapa maior) uma combinação mais demorada que, entretanto, pega um trecho final mais bonito.

Em Lourdes não há necessidade de carro: tudo fica perto, todas as ruelas são interessantes, e para visitar os locais ligados a Santa Bernadette o carro até atrapalha (sobretudo nos períodos de grande afluência de peregrinos em que até as ruas ficam lotadas!).

Na cidade há todos os serviços de transporte possíveis: micro-ônibus gratuito, táxi ou serviços especiais para doentes.

Querendo-se visitar as proximidades, os belíssimos Pirineus, por exemplo, pode-se alugar um carro na própria estação de trem ou nos hotéis.

O carro desde Paris demora entre 8 e 9 horas, sem contar as paradas.

Partindo cedo de Paris, uma opção é sair um pouquinho da estrada na hora do almoço para visitar o santuário de Rocamadour, ou cidades como Sarlat.

Avião. Nunca fiz o percurso Paris-Lourdes de avião. Em Lourdes não há aeroporto, mas usa-de o de Tarbes que é vizinho. O voo dura pouco, porém o tempo tomado em ir até o aeroporto, a antecedência necessária para o embarque, etc., compensa muito pouco. O trem é mais tranquilo e repousante.

Hotel

É o que não falta em Lourdes. Em número de leitos, a cidade só é superada por Paris.

Os preços são em geral muito em conta, se comparados aos do resto da Europa, e até mesmo aos do Brasil atualmente (maio 2012).

Num hotel familiar perto do Santuário, quarto com banheiro individual completo e pensão também completa (café da manhã, almoço e jantar) sai por volta de 50 euros por pessoa por dia. Casal é um pouco mais, é claro.

Foi o que, em outubro 2011, pagamos no hotel À la Croix de Malte. – . Algo mais econômico é o Hotel Saint-Avit.

Vista aérea do santuário de Lourdes
Vista aérea do santuário de Lourdes
Numa categoria superior, há em geral hotéis também com pensão completa na faixa 70-100 euros – como por exemplo o “Grand Hotel Gallia & Londres”  .

Há, enfim, hotéis de todos os preços e níveis. Um grande número de opções pode ser consultado clicando AQUI; ou AQUI; ou ainda AQUI.

Há casas religiosas que recebem peregrinos, com preços muito moderados. Por exemplo:

Religiosas do Amor de Deus (espanholas), 17, rue de Bagnères, 65100 Lourdes, tel: 00 21 33 (0)5 6294 3883, ao lado da paróquia, bem perto de tudo.

Religiosas polonesas: route de Bartrès, depois do Centro de Dialises, tel. 00 21 33 (0)5 6294 9182. Ainda mais em conta, mas é necessário ter carro para ir e voltar, pois fica fora da cidade.


Nevers – corpo incorrupto de Santa Bernadette

O retorno se faz pelas mesmas vias. Há quem queira peregrinar até Nevers, onde se encontra o corpo incorrupto de Santa Bernadette. É um desvio inesquecível.Ver mapa:

Eis o mapa:
Exibir mapa ampliado.

E o link do mapa: CLICAR AQUI.

De Paris a Nevers

O percurso de Paris a Nevers é bem mais curto.

Aconselhamos consultar o site dos trens franceses SNCF (clicar AQUI) (se não for de carro), pois há muito trem todos os dias.

Para ver o horário dos trens clique aqui: http://www.sncf.com/fr/sub-home/1526 .

A Gare de Paris Bercy: trem para Nevers
Os trens que saem da estação de Bercy (ou Gare de Bercy) são numerosos e vão direto.

Alguns trens partem de outras Gares mas há poucos e exigem transbordos que podem ser fonte de confusão.

A Gare de Bercy é bastante central e pode se chegar de metrô (Metro Bercy é o indicado) ou pelos ônibus nº 6 e 14.

Veja mais clicando aqui: http://www.bonjourlafrance.com/france-trains/stations/gare-de-bercy-station.htm.

Para se fazer uma idéia: em 20/03/2013 os trens diretos para Nevers partiam da Gare de Bercy às 7h02; 7h15; 9h03; 9h15; 13h00; 14h00; 14h15; 16h00; 17h00; 17h04; 18h04; 19h00 e 19h04.

Entrada convento St Gildard onde está o corpo de Santa Bernadette
A viagem dura entre 1h30 e 2h00. Os horários podem mudar um pouco em época de férias e fim de semana.

Nevers é uma cidade muito menor e é fácil localizar a capela no convento Saint Gildard onde está o corpo de Sta. Bernadette.

O mais simples é pegar taxi. Indicação para o taxista: "Châsse de Sainte Bernadette".

O regresso é da mesma forma.


Lourdes até La Salette

Para o percurso de Lourdes até La Salette, é preciso considerar que a distância é grande.

Lourdes e La Salette ficam em extremidades opostas da França! Lourdes está na fronteira com a Espanha, enquanto La Salette fica na fronteira com a Itália (Turim, a cidade de São João Bosco).

1) De carro, a estrada mais direta é a que aparece clicando neste link: CLICAR AQUI. Leva oito horas, sem contar as paradas. O caminho passa por vários locais altamente turísticos, como Carcassonne e Nîmes.

2) Do ponto de vista religioso, esta outra estrada mais longa é muito atraente: CLICAR AQUI. Inclui a visita de Nevers.

Este percurso vai até Nevers, onde está numa urna de cristal o corpo incorrupto de Santa Bernadette. Depois continua por Paray-le-Monial, onde está a capela das aparições do Sagrado Coração de Jesus a Santa Margarida Maria Alacocque. Prosseguindo, está Cluny; mais adiante e com um pequeno desvio está Ars, a cidade de São João Maria Batista Vianney.

Nesta opção é preciso prever dois ou três dias de viagem pelo menos.

La Salette: santuário no local da aparição
La Salette: santuário no local da aparição
3) Para localizar La Salette no mapa, ou em caso de dúvida com o GPS, procurar a cidadezinha de Corps, que é a mais próxima do Santuário. Lá existem hotéis, no geral em conta.

De Corps sobe-se por uma estradinha até o local das aparições. Lá encima há uma pensão ligada ao santuário. É necessário um carro para subir, mas há jeitos, conforme a época do ano.

4) Corps não possui trem. De trem, é preciso ir de Lourdes a Paris, trocar de estação e seguir para Grenoble, onde há ônibus locais que saem da estação de trem principal e percorrem todas as cidadezinhas, inclusive Corps. Mas é algo bastante complicado para quem não é de lá. É preciso consultar os horários na Internet.

Para averiguar os horários dos trens Paris-Grenoble, clicar aqui:  (é preciso escrever a cidade de partida que é Lourdes e a cidade de chegada que é Grenoble, e indicar a data).

Leia os comentários deste post. Há conselhos e experiências que é bom saber. Sobretudo se viajar no inverno europeu.

Desejando uma boa e abençoada viagem, e pedindo que, por favor, rezem por mim nesses santuários,

em Jesus e Maria

Luis



Acompanhe online o que está acontecendo agora na própria gruta de Lourdes pela Webcam do santuário. 



5 comentários:

  1. Tenho tanta vontader de ir a Lourdes, levando meus filhos, nora , netos e irmão, com sua família. Todos precisamos de cura esperitual e física, Tenho a certeza de que se conseguisse ir até lá, Nossa Senhora nos concederia essas graças, que tanto peço e não estou conseguindo...Mas sinto que receber este e-mail é como se lá estivesse ido. Naria de Nazareth Borges das Neves

    ResponderExcluir
  2. Como a irmã acima mencionou gostaria de ir a Lourdes com minha filha de 5 anos pois sinto que lá conseguiríamos cura espiritual e redenção por intercessão de Maria. Tenho 2 bilhetes pagos mas só posso usar até 08 de fevereiro de 2013 e tenho muito medo de levar minha filha num frio tão forte, oque acham?

    Juliana Godoy

    ResponderExcluir
  3. Nossa Senhora vai me levar até lá.Obrigada minha mãe.

    ResponderExcluir
  4. Só de me chamar Simone de Lourdes ja me sinto imensamente abençõada!!!!

    ResponderExcluir
  5. Só de me chamar Simone de Lourdes ja me sinto imensamente abençoada por nossa Senhora de Lourdes!

    ResponderExcluir

Obrigado pelo comentário! Escreva sempre. Este blog se reserva o direito de moderação dos comentários de acordo com sua idoneidade e teor. Este blog não faz seus os comentários e opiniões dos comentaristas. Não serão publicados comentários que contenham linguagem vulgar ou desrespeitosa.